” A gente não quer simplesmente chegar, a gente quer conquistar”, declara o zagueiro Dionatan

07/06/18

O  Inter SM tem  nesta semana a semana mais importante de toda a competição. Tem nessa semana o tempo necessário para  a preparação do confronto  mais significativo até agora. Noventa minutos já foram, restam mais noventa, os noventa minutos que pode  levar o Inter SM para a Série A do campeonato Gaucho.

No ano de 2017 o Inter SM também chegou nas semifinais da Divisão de Acesso,  e pegou pela frente um São Luiz de Ijuí  mais experiente e consistente, e foi na casa do Adversário que o alvirrubro sofreu com a derrota, e viu o sonho da Série A se acabar   (naquele ano) por ali. Neste ano de 2018 a equipe alvirrubra quer contar uma outra história, quer fazer diferente, quer conquistar e não apenas chegar. Quer vibrar na casa do adversário e mostrar que mesmo difícil, para os guerreiros do Coração do Rio Grande, nada é impossível.

Ele veste a camisa do Inter SM  desde 2015. Ele tem  o Estádio Presidente Vargas como sua segunda casa. Mesmo com pouca idade, ele usou a faixa de capitão no ano passado, e hoje, é um dos jogadores mais experientes do Inter SM. Um jogador que tem voz dentro do Vestiário, e o mais importante, um jogador que tem amor pelo time que defende. Ele é o Zagueiro Dionatam Garcia, que junto com Manolo, é responsável pela defesa alvirrubra.

Dionatan era o Capitão Alvirrubro no ano de 2017, ele correu como nunca pelo time, ele foi zagueiro e quando precisou deu uma de lateral.  Ele jogou com  pontos no supercílio, ele cabeceou com os pontos no supercílio. Ele tinha a faixa  e honrou muito essa responsabilidade. Dionatan foi o primeiro atleta a ser anunciado no ano de 2018, e para os torcedores, não foi nenhuma novidade.

31179936_1952809488094060_2919858770869747712_n
Zagueiro Dionatan que atua pelo Inter SM desde 2015 acredita na força da equipe e está confiante na conquista para a Série A.

O jovem garoto de Rosário do Sul não teve um final de 2017 muito alegre, pelo contrário, teve perdas importantes e significativas na  sua vida. Poderia até mesmo deixar o futebol, desistir por ali mesmo e seguir outro caminho. Mas não, não ele, não o zagueiro menino-homem que corre, chega, cabeceia, grita, dá carrinho e salva gol  na risca da trave.

Dionatan é um dos poucos atletas que permaneceram  do elenco do Ano passado, e bem por isso, que para ele reverter o Placar em Pelotas e ajudar o Inter SM a subir para elite do futebol Gaucho tem  uma importância sem tamanho : ” Eu me identifiquei com o clube, e eu estou retomando aqui do clube a minha carreira, então, subir o Inter SM é uma conquista pessoal também”, declara o zagueiro.

32155809_1976891875685821_6098610495235817472_n
Dionatan é um dos líderes do grupo alvirrubro  juntamente com Chiquinho, e os dois estão no elenco do ano passado que chegou a semifinal do Acesso.

O resultado é adverso, e chegar, buscar e virar o placar não é uma tarefa nada fácil. A Boca do Lobo vai estar lotada, um mar  azul e amarelo estará  formado, e os poucos vermelhos terão que ser maiores,  terão que  mostrar a força guerreira dos soldados alvirrubros.  Sobre a confiança? Bom, isso  Dionatan sabe dizer : ” O grupo está motivado, sempre quando a gente foi cobrado a gente correspondeu, então a gente vai pra lá ( Pelotas), a gente está vivo, a gente sabia que era um jogo de 180 minutos, o primeiro tempo já passou e agora é corrigir e entrar forte  no segundo. (…)A gente não quer simplesmente chegar, a gente quer conquistar,  eu tenho confiança,  o grupo todo tem , que a gente vai chegar lá e vai fazer um bom jogo  e se Deus quiser o resultado vai vir e vai vir a classificação.”

 

É  uma cidade toda que se une por um mesmo ideal e por uma mesma conquista. Está na hora de Santa Maria deixar de ser  a cidade conhecida pela tragédia da Boate Kiss, e sim, ser conhecida por uma Batalha épica, onde a minoria vermelha adentrou o mar auri-cerúleo, e saiu vitoriosa, pela esforça, pela coragem , pela determinação e pelo AMOR a um único ideal: Voltar a Elite do Futebol Gaucho.  No ano passado o Inter SM bateu na trave, mas neste ano, o zagueiro Dionatan e toda a equipe do Técnico Vinícius Munhoz quer contar uma outra história,  uma história com gols do Inter SM, com garra, suor, fé, conquista e vitória. Um história  que ficará carimbada na memória do Clube  Internacional de Santa Maria. São mais 90 minutos onde o difícil jamais será dito impossível.

 

FOTO CAPA:  Bruno Tech/EsporteSul 

Fotos matéria: Assessoria Inter SM 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s